ÁREA DO ASSINANTE






Atualizado em 06/10/2017

Acontece em política – Hélio Machado

A crise se agrava

A crise hídrica hoje, sem dúvida, é o principal problema que atormenta Montes Claros. Diria que até mais que a segurança pública, outro problema gravíssimo que se nos apresenta e se complica com o passar do tempo, com o aumento da violência e da criminalidade. Mas a falta de água é bem pior do que qualquer outra coisa. E a tendência é de se agravar com o volume cada vez mais baixo da Barragem de Juramento, responsável por abastecer Montes Claros. O quadro chega a ser desolador.  Mas a situação chegou a este nível, além da falta de chuvas, pela omissão da Copasa e do Município. Quando afirmo aqui, neste espaço, repetidas vezes, que a situação é mais grave do que se imagina, não é à toa. Os insistentes alertas de que a população precisa contribuir, gastando-se o estritamente necessário, uma espécie de economia de guerra, não tem surtido o efeito esperado. Isto porque, ainda tem gente com a cabeça no mundo da lua, lavando calçada e fazendo da mangueira vassoura, enquanto está faltando água nas torneiras para beber. Não dá para entender, por mais que se tente este tipo de comportamento. Cada um enquanto consumidor precisa ter consciência e fazer a sua parte.

O nível da barragem que há pouco tempo era de 24%, caiu para 17,65%, o que significa acender definitivamente o sinal de alerta. Por conta disso, nos últimos dias, a Copasa aumentou o tempo de racionamento de 24 para 48 horas, fazendo rodízio em toda a cidade. Mas nem isso reduziu significativamente o consumo, porque a população comprou mais caixas para estocar água, temendo ficar sem o produto. O certo é que o momento passa a ser crítico e não há alternativa que não seja economizar e torcer para que São Pedro se sensibilize com a situação e abra as torneiras, para recuperar o nível da barragem e dos rios.  Imagina-se que o sufoco levará a Copasa e o Município a refletirem sobre o aba stecimento de água à maior cidade do Norte de Minas. De que a empresa tem que tomar medidas preventivas, porque a seca é a maior certeza que se tem na região todo ano. Nada justifica a omissão.

 

CARAVANA – Satisfeito com o resultado da recente pesquisa de intenção de votos para a eleição para a Presidência da República, no próximo ano, em que aparece em primeiro lugar, com 35% de intenção de votos, o ex-presidente Lula, do PT, prepara-se para sua caravana em Minas, no final deste mês, que se inicia por Montes Claros. A agenda está a cargo do diretório estadual do PT, presidido por Cida de Jesus. A data exata da visita à cidade, dando início à caravana, que terminará em Belo Horizonte, ainda será divulgada. O certo é que o ex-presidente deve participar de ato público, por aqui, em para fazer proselitismo.

QUEBRADEIRA – Mesmo com o aumento da arrecadação com o Refis que reduziu a inadimplência, a situação financeira do Estado não é boa. Pelo contrário, permanece difícil, a ponto de o secretário de Fazenda, José Afonso Bicalho, externar preocupação com a falta de recursos para pagar o 13º salário aos servidores estaduais. O secretário fez este anúncio, nesta segunda-feira, em Belo Horizonte, ao frisar que se está buscando meios para conseguir recursos para não deixar os servidores sem a gratificação natalina. O funcionalismo, insatisfeito com o governo por causa do parcelamento dos salários, ficou ainda mais apreensivo.

CIDADANIA – Seis projetos que constavam da pauta da reunião ordinária da Câmara Municipal, nessa sexta-feira pela manhã, foram aprovados sem maiores dificuldades, como previsto. Um deles, do vereador Oliveira Lega, do PPS, oficial reformado da Polícia Militar, visa homenagear o tenente-coronel da PM, Osvaldo de Souza Marques com o título de Cidadão Honorário, pelos destacados serviços prestados ao município, notadamente na segurança pública, no Comando Policial Aéreo (COPAER), em Montes Claros. O oficial foi removido para Belo Horizonte, mas a previsão &e acute; de que retorne à cidade.

PROERD – Preocupado com a proliferação das drogas na zona rural, com reflexos diretos no índice de violência e criminalidade, o vereador Rodrigo Cadeirante, do Rede Sustentabilidade, viabilizou junto à Polícia Militar, a implantação do Programa de Erradicação das Drogas (Proerd) nos distritos de Aparecida do Mundo Novo e São Pedro da Garça. O programa visa vacinar crianças e jovens contra as drogas, conscientizando-os sobre os problemas causados pelo uso delas. As primeiras reuniões, com a participação de militares, nos dois distritos, foram realizadas. O Proerd apresenta resultados positivos na sede do município.

ANIVERSÁRIO – Vereador Raimundo do INSS, do PDT, comemorou mais um ano de vida nessa terça-feira. Com seu jeito simples de ser, ele foi bastante festejado pelos pares, com alguns fazendo questão de destacar a importante data, em pronunciamentos na tribuna. Raimundo é um dos campeões de mandatos consecutivos na Câmara, cumprindo o sétimo. Ao longo deste tempo, tem relevantes serviços prestados, especialmente no social, voltado para as pessoas mais necessitadas. Com isso, Raimundo dá sua importante parcela de colaboração à construção do desenvolvimento do m unicípio.

FEIJOADA – Uma das mais tradicionais do Norte de Minas, a Loja Maçônica Estrela do Norte, fará feijoada no dia 26 de novembro, em sua sede, na Vila Regina, das 11 às 14 horas. A diretoria da Loja, que tem como venerável Elisbão Pimenta cuida dos detalhes da promoção, que pretende reunir parte significativa da família maçônica da cidade, como também outros setores da sociedade. Os convites estão à venda com os obreiros da Estrela do Norte, por R$ 20,00. A renda será revertida para a reforma do templo. Dando suporte à promoção, a Fraternidade Feminina, presidida por Vilma Pimenta.

GRÃO-MESTRE – O Grão-Mestre do Grande Oriente do Brasil em Minas Gerais (GOB-MG), Cláudio Willian estará em Montes Claros nesta quinta-feira para contatos com maçons do Norte de Minas e participar de reunião conjunta das lojas do GOB na cidade, às 8 da noite, no templo da Loja Maçônica Apóstolos da Galiléia, em que se pretende discutir diversos assuntos de interesse da Maçonaria. A mobilização para a reunião foi feita pelo irmão Olímpio Maia Abreu, uma das maiores lideranças da Ordem na região, representante do Grão-Mestre. Previsão de reunião com número expressivo de maçons.

FALECIMENTO – Causou profundo pesar na sociedade do Norte de Minas, o falecimento do radialista José do Nascimento Silva. Ele faleceu na manhã dessa quarta-feira no Hospital Dílson Godinho, em decorrência de complicações de câncer de próstata. Nascimento fez sucesso há anos na Rádio Sociedade, como operador de áudio. Foi um dos amigos inseparáveis, que trabalhou comigo como fotógrafo, na Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal. Perda irreparável para a Imprensa e à sociedade. O corpo está sendo velado no plenário da antiga Câmara e o sepultamento será às 10h30, no Cemitério Parque Jardim da Esperança. Nossos mais profundos sentimentos à família. Que Deus, em sua infinita bondade, a conforte para suportar a dor neste momento de dificuldades.

Para ler a coluna completa Assine aqui o JN Notícias

Comentários