ÁREA DO ASSINANTE






Atualizado em 06/09/2017

Acontece em política – Hélio Machado

A frota e o trânsito

A crise econômica reflete no consumo, em todos os setores. Todo mundo põe o pé no freio, gastando o estritamente necessário, sem saber o que pode acontecer no futuro. Este comportamento deu uma freada no crescimento da frota de veículos em Montes Claros, que mesmo assim tem avançado. Dados mais recentes apontam que a cidade fechou o mês de julho com 208.985 veículos emplacados, registrando-se um para cada grupo de dois cidadãos. Sem dúvida, trata-se de números bastante expressivos, mas que apontam para mais problemas no já difícil e complicado trânsito. O aumento da frota significa um trânsito cada vez mais estressante e violento. A complicação se deve em função da falta de estru tura da cidade para suportar tantos veículos. Com ruas apertadas, fica cada dia mais difícil de transitar pelo centro, que precisa de intervenções urgentes do município. Aliás, este problema vem desafiando as sucessivas administrações municipais, que não conseguem resolvê-lo. Preferem postergá-lo. Parece que faltar interesse e vontade política em atacá-lo.

Montes Claros se destaca com uma cidade altamente motorizada, com índice elevado de pessoas que tem veículos. Entretanto, o ponto negativo é que a tendência natural é de o trânsito ficar cada dia mais complicado. E, em função disso, aumentar o número de acidentes com vítimas. Aliás, o trânsito é marcado pela violência, com a ocorrência de sucessivos acidentes, decorrentes, em sua maioria, da imprudência e a consequente inobservância da legislação vigente. O crescimento da frota de veículos, se por um lado significa mais dinheiro aos cofres do município, decorrente do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), por outro, aponta para mais dificuldad es no trânsito. A administração municipal tem que chamar para si a responsabilidade de promover o quanto antes, intervenções pontuais no setor, para melhorá-lo. Do contrário, caminha-se para estabelecer o caos. A MCTrans tem que colocar a cabeça para funcionar, buscar solução para o problema e não ficar somente lançando mão da punição pecuniária contra motoristas infratores.

 

DESTAQUES - O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) divulgou a 24ª edição do levantamento que traz a lista dos “cabeças” do Congresso Nacional. Treze parlamentares do PSDB aparecem entre os 100 mais influentes. Na definição do Diap, os “cabeças” são aqueles parlamentares que se diferenciam dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades descritas na publicação, como a capacidade de conduzir debates, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate. De Minas figuram na lista, os senadores Aécio Neves, Antônio Anastasia e o deputado Marcus Pestana.

SAÚDE - Presidente da República em exercício, deputado Rodrigo Maia, do DEM do Rio de Janeiro, sancionou nessa terça-feira, às 11h30, no Salão Nobre da Câmara, o Projeto de Lei do Senado, que cria o Programa de Financiamento Preferencial às Instituições Filantrópicas e Sem Fins Lucrativos (Pró-Santas Casas) no âmbito das instituições financeiras oficiais federais. Aprovada no dia 16 de agosto deste ano, a proposta beneficia a Santa Casa de Montes Claros, que enfrenta dificuldades financeiras. Participam da cerimônia o presidente da Câmara em exercício, deputado André Fufuca, e o presidente do Senado, Eunício Oliveira.

APOIO – Lançado pré-candidato ao governo do Estado, nas eleições de 2018, em convenção do PSB, nesse sábado em Belo Horizonte, o ex-prefeito da Capital por dois mandatos seguidos, Márcio Lacerda, já pensa em apoios importantes para viabilizar o projeto de suceder ao governador Fernando Pimentel, do PT. Como o PSDB enfrenta dificuldades para concorrer em faixa própria, com a negativa do senador Antonio Anastasia de candidatar-se, Lacerda vê a possibilidade de receber apoio dos tucanos. E isto se justifica pela boa relação que ele tem com o senador Aécio Neves, uma das maiores lideranças do PSDB.

DESFILE - Aberta oficialmente em solenidade na manhã de sexta-feira, em frente ao prédio da Prefeitura, com a participação de autoridades civis e militares, a Semana da Pátria será encerrada nesta quinta-feira, com o desfile cívico-militar na Avenida Sanitária, com a previsão da participação de expressivo número de pessoas. Além do Exército representando pelo 55º Batalhão de Infantaria, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, o evento contará pela primeira vez com a participação da Marinha, por meio da Capitania dos Portos, com sede em Pirapora. O desfile chama a atenção da população.

TRÂSITO – Tramita na Câmara Municipal, com previsão de que seja votado logo, projeto do vereador Wilton Dias, do PHS, secretário do Legislativo, que visa dar publicidade ao artigo 267 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Isto porque, ele prevê que a punição pecuniária para o infrator primário pode ser convertida em advertência. Como os motoristas/motociclistas desconhecem a legislação, o vereador quer que o benefício seja expresso nas multas como forma de alertá-los. A tendência é de que o projeto seja aprovado sem maiores dificuldades, pois conta com apoio dos vereadores.

VIOLÊNCIA – A violência e a criminalidade crescem a olhos vistos em Montes Claros, sem que a Polícia Militar consigam contê-las. A situação fica mais evidente com o assassinato de um homem de 38 anos, que tentou evitar o assalto de uma mulher na tarde dessa segunda-feira, na Rua Padre Augusto. Um dos marginais, que estava na garupa da motocicleta, deu um tiro na cabeça do homem, que tentava interceder em favor da vítima. Ele foi socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Os criminosos fugiram e até a tarde de ontem não haviam sido localizados pela polícia.

BANCADA – Integrada pelas vereadoras Maria Helena Lopes, do PPL, Néia do Criança Feliz, do PSDC e Graça da Casa do Motor, a bancada feminina na Câmara Municipal quer efetivamente mostrar a que veio. As vereadoras têm levantado bandeiras importantes, que refletem na qualidade de vida, do público como um todo, especialmente das mulheres. Elas querem cumprir o compromisso de representar bem o sexo feminino no Legislativo, até o final do mandato. Foram eleitas para fazerem a diferença. Com isso, pretendem estimular as mulheres a participarem mais da política partidária.

PROGRAMA – Quem participa do Programa Na Corda Bamba, na Rádio Terra-AM, nesta sexta-feira ao vivo, de uma às duas e meia da tarde, é a vereadora Graça da Casa do Motor, do PHS, que teve expressiva votação no campo. Ela fará uma espécie de prestação de contas de oito meses de mandato, em que conseguiu alguns benefícios para a zona rural. Integrante das bancadas feminina e ruralista, a vereadora não se cansa de cobrar da tribuna, da administração municipal, a imediata reforma das estradas rurais, já que algumas estão praticamente intransitáveis. Perguntas pelos telefones 2101-5666 e 2101-5600.

 

Para ler a coluna completa Assine aqui o JN Notícias

Comentários