ÁREA DO ASSINANTE






Atualizado em 11/10/2017

Dia das Crianças aquece comércio

Foto:
Pesquisas feitas pelo Sindcomércio apontam aumento nas vendas neste período dedicado à garotada

O Dia das Crianças possui um forte apelo emocional e comercial junto ao público infantil. A data comemorada em 12 de outubro, nesta quinta-feira, aquece o comércio, com o aumento nas vendas. A reação se verifica em setores mais específicos como brinquedos, jogos, eletrônicos, confecções, calçados, além de uma movimentação extra nos shoppings, rede hoteleira, clubes e áreas de lazer, em função do feriado de 12 de outubro, Dia de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, e ao tradicional recesso escolar, momento estratégico em que muitas famílias viajam.

A data é tradicional no calendário de compras dos brasileiros, além de ser o momento em que algumas empresas já iniciam ações voltadas para o Natal e comemorações de fim de ano, uma vez que este é o momento de lançamento de diversos novos produtos no mercado. Pode-se afirmar, contudo, que a partir de 12 de outubro o clima natalino passa a envolver o comércio. Para muitos o Dia das Crianças é o portal para o Natal, sendo este o momento em que o empresário poderá obter as primeiras impressões de como irá se comportar o consumidor durante as compras natalinas.

Segundo Glenn Andrade, Presidente do Sindcomércio, conhecer e entender as razões de possíveis posicionamentos e escolhas das pessoas é fundamental para a adoção de estratégias de estímulos eficazes. A leitura que o empresário faz por meio do olhar do consumidor é muito valiosa, sobretudo para estabelecer estratégias para incremento nas vendas. Afirma.

O Sindcomércio Montes Claros realizou pesquisa com vistas a contribuir com um melhor desempenho do comércio neste Dia das Crianças, a partir da percepção, estratégias e tendências a serem adotados pelos empresários, diante do oportuno ambiente de negócios gerado nesta data. Segundo o levantamento, há expectativa de expansão nas vendas que varia de 5% a 7%, em relação ao mesmo período do ano passado.

A data representa a 4ª melhor no calendário de vendas anual do comércio. Os empresários encontram-se otimistas, sendo que 60% dos entrevistados acreditam em vendas melhores neste Dia das Crianças, em relação a 2016. O gasto médio esperado por consumidor nesta data é de R$ 50,00 A R$ 100,00, seguido de até R$ 50,00 e, em terceiro lugar os gastos devem permanecer entre R$ 100,00 e R$ 200,00.

PRIORIDADES

Dentre as ações visando expansão das vendas no período, os empresários irão priorizar: Promoções, publicidade, visibilidade da loja, diversificação de produtos, animação no interior da loja, brindes e atendimento diferenciado. Quanto aos estoques, 85% dos estabelecimentos afetados pela data, afirmam estarem preparados e com estoques renovados para atender toda a demanda de clientes que vão em busca de presentes.

O levantamento aponta ainda que as formas de pagamento se darão da seguinte forma: 61% à vista, em dinheiro ou cartão de débito, seguido de cartões de crédito parcelado com 27%,  cheque pré-datado, crediário ou cartão da loja com 9%, e por fim, outras formas de pagamento com 3%.

 

Para ler a notícia completa Assine aqui o JN Notícias


Comentários