ÁREA DO ASSINANTE






Atualizado em 11/08/2017

Município combate desperdício de água nas localidades rurais

Foto:
SECRETÁRIO Osmani Barbosa Neto fazendo seu pronunciamento

Preocupada com a forte estiagem que atinge Montes Claros, a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento realizou, na última sexta-feira (4), uma reunião com lideranças e representantes das associações comunitárias da zona rural para tratar sobre o abastecimento de água e demandas para reduzir o desperdício. Participaram do encontro os secretários Osmani Barbosa Neto (Agricultura e Abastecimento), Cláudio Rodrigues (Planejamento e Gestão) e Anderson Chaves (Defesa Social).

O evento contou ainda com representantes da Emater, Copasa, Defesa Civil, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Montes Claros e da bancada ruralista na Câmara Municipal: vereadores Aldair Fagundes, Daniel Dias, Graça da Casa do Motor, Ildeu Maia, Marcos Nem, Sóter Magno e Valdecy Contador Fagundes.

HIDRÔMETRO

Para o secretário Osmani Barbosa Neto, uma das melhores formas para combater o desperdício de água e administrar a distribuição do Pró-Água Rural é o hidrômetro. “O Pró-Água Rural é um programa que repassa para as famílias rurais recursos do tesouro municipal para pagar a energia dos poços artesianos comunitários e fazer as manutenções das bombas de água, além de pagar uma ajuda de custo para uma pessoa ficar responsável pela operação do sistema de abastecimento de água.

Por isso, é fundamental o uso do hidrômetro para garantir um atendimento igualitário a todas as famílias de produtores rurais do município”, informou Osmani Neto. Segundo o secretário, a Prefeitura mantém convênio com associações e garante R$ 26,58 por mês para cada família, beneficiando 4.752 famílias (cerca de 14.300 pessoas), o que resulta em R$ 126 mil.

Gerente Regional da Copasa, Mônica Ladeia pediu para a população cooperar com o consumo responsável da água e disse que a Companhia de Saneamento de Minas Gerais está cumprindo com o que foi estabelecido pela Prefeitura de Montes Claros, de assumir o abastecimento de água da população dos distritos de Montes Claros.

“A Copasa está cumprindo com o que foi estabelecido. Já está concluído o sistema de abastecimento de água no distrito de São Pedro da Garça e, em breve, os demais distritos serão beneficiados. Mas é importante lembrar à população que é preciso cooperar com o consumo responsável da água, pois as chuvas no Norte de Minas estão cada vez mas escassas, sendo necessário evitar o desperdício”, informou Ladeia.

Aparecida do Mundo Novo, Canto do Engenho, Ermidinha, Lagoinha, Miralta, Santa Rosa de Lima, São João das Veredas e Vila Nova de Minas são os distritos que também serão beneficiados. Nova Esperança já conta com 100% de água e esgoto explorado pela Copasa, que construiu uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) naquele distrito.

Para ler a notícia completa Assine aqui o JN Notícias


Comentários