ÁREA DO ASSINANTE






Atualizado em 17/07/2017

Foragido, presidiário leva tiro e dá o nome falso em hospital

Alvejado por disparo de arma de fogo na cidade de Buritizeiro, um presidiário de 28 anos deu entrada num hospital de Montes Claros dando o nome falso de Marcos Aurélio. Porém, o fato chegou ao conhecimento da Polícia Militar, que compareceu à unidade de saúde, por volta das 17 horas de quinta-feira (13/7) e fez contato com o ferido, que teve o abdome perfurado por um tiro. Num primeiro momento, o homem se recusou a dar mais informações do ocorrido aos militares.

Após intensa conversa, o infrator confessou ter dado o nome errado na entrada do hospital, com receio de ser identificado, uma vez que estava cumprindo pena no Presídio Alvorada e teria sido beneficiado com a saída temporária, não tendo mais retornado. Trata-se de L. F. G., que teria sido atingido por um disparo de arma de fogo, no último dia 7, em Buritizeiro, tendo buscado ajuda médica somente na quinta-feira por estar passando muito mal em decorrência do tiro.

Segundo o foragido, ele teria recorrido à rede particular, porém, ficou sem recursos, sendo obrigado a procurar a rede pública, quando tentou dar um nome falso para ser atendido, sendo descoberto pelos policiais. Face ao exposto e ao fato de o infrator ter que passar por uma cirurgia para extração da munição alojada em seu abdômen, ele permanecia internado no hospital, sob escolta policial. Porém, a PM não informou a motivação do tiro que feriu o presidiário.

 

Para ler a notícia completa Assine aqui o JN Notícias


Comentários